Conserve quentes os ovos cozidos com essa galinha em crochê, super charmosa…

Encontrei uma foto de uma galinha “esquenta-ovos”, num site russo. Não tinha gráfico ou receita e a pessoa apenas disse que fez a dela baseada em uma galinha da sua avó.

A galinha que eu vi no site russo era feita em lã. Eu tenho problema com lãs. Pensei bastante e então fiz a minha usando dois fios trabalhados juntos, da linha Cléa 1000, tanto no corpo, como no verde da grama da parte de baixo. Comecei pela cabeça, no pescoço eu já saí com os pontos pipoca. A parte da grama é introduzido o fio verde, e ele fica escondido (fio conduzido) no ponto amarelo. O rabo é feito à parte, uma parábola que fechei um pedaço para que ficasse mais durinho.

Para ficar com um acabamento diferente, usei uma argola de resina plástica, encontrada nos supermercados como pulseirinha infantil de festa de aniversário. Fiz um círculo de crochê em pontos baixos, simples, com meio centímetro a menos do que o tamanho da argola. Essa diferença no tamanho é para que ao casear o motivo na argola, este fique bem esticado (retesado). Como demonstram as fotos abaixo:

Este “suporte” foi para que a galinha não ficasse direto no chão.

Detalhe do bico, crista e olhos. O bico foi feito com um fio só da linha Cléa 1000, os olhos foram feitos com miçangões (bead). A cabeça tem enchimento de manta acrílica usada para fazer edredons.

Detalhe do fio conduzido pelo lado de dentro da galinha.

Como podem ver fiz duas, a primeira foi a da direita, fiz contando os pontos da galinha do site russo e não gostei muito. Então fiz a segunda do meu jeito para ver como ficava e acabei gostando mais.

Troquei o nome de “esquenta-ovos” para “conserva quente os ovos”, pelo motivo óbvio que ela não esquenta, mas sim os conserva quentes. Na realidade a galinha apenas é um objeto de decoração, pois o ponto é vazado e não deve conservar, apenas retardar o esfriamento, hahhaha, deu para entender? Eu pretendia fazer meia dúzia, mas nem bem tinha terminado já havia encontrado uma pessoa boníssima que “adotou” as galinhazinhas.

O monjolo em madeira cerejeira e bambu, foi feito por meu pai para mostrar para meus filhos como era o funcionamento dos monjolos no tempo em que meu pai era criança. O monjolo tenho até hoje, e meu pai já é falecido infelizmente; essa foi uma lembrança maravilhosa essa que ele nos deixou.

Bons trabalhos!!!

Sobre RoseCampanaMurari

Sou casada, tenho 4 filhos, sou crocheteira, sou artesã, sou dona-de-casa, maestrina, digitadora e apaixonada por aprender. Amo fazer coisas novas e ensinar o que eu sei.
Esse post foi publicado em Lembrancinhas, Uncategorized e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Conserve quentes os ovos cozidos com essa galinha em crochê, super charmosa…

  1. Patricia disse:

    Eu adorei o que escreveu. Seu modo de falar. De contar as coisas. Achei as galinhas uma gracinha…Quero aprender a fazer galinhas de crochê. Talvez não fizesse pra conservar os ovos. Faria pra decorar ou coisa parecida.

Obrigada por seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s